GB Bateiras

13/01/2015 às 18h39m - Atualizado em 13/01/2015 às 18h45m

Fiscal da Prefeitura do Recife é assassinado em frente ao mercado de São José

De acordo com colegas, vítima recebia ameaças de morte diariamente na localidade

Um supervisor de operações da Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano do Recife foi morto com dois tiros na manhã desta terça-feira (13) em frente ao Mercado de São José, no bairro de mesmo nome, no Centro da Capital Pernambucana.

De acordo com um colega, Geovani Ribeiro Pedreira, 43 anos, recebia ameaças de morte diariamente. Policiais do Grupo de Ações Táticas Itinerante (Gati) aponta um homem conhecido como Fabinho como o principal suspeito.

Segundo relato feito pelo perito Heldo Souza Vicente, do Instituto de Criminalística (IC), Geovani levou um tiro letal na nuca e outro no toráx.

Ele estava trabalhando na praça Dom Vital, onde atua na fiscalização do comércio informal, quando foi abordado pelos dois algozes. Os suspeitos teriam fugido por dentro do mercado. O crime pode ter relações com o trabalho de fiscais da prefeitura, que têm entrado em conflito devido ao reordenamento do comércio na região. As testemunhas se recusam a dar entrevista.

O crime ocorreu embaixo de uma câmera da Secretaria de Defesa Social (SDS), e as imagens serão utilizadas pelo delegado Ian Campos, que ficará responsável pelas investigações. Campos acredita que a câmera estava voltada para outro ângulo no momento dos disparos, mas pode ter registrado a fuga. O caso será apurado pelo Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP).


Com informações da Folha de Pernambuco

Comentários

Outras notícias