11/01/2016 às 15h55m - Atualizado em 11/01/2016 às 16h59m

Em Timbaúba, Conselheiros Tutelares são diplomados neste domingo (10)

A cerimônia ocorreu na Câmara de Vereadores do município, além dos cinco Conselheiros Tutelares eleitos, contou com a presença de autoridades e representantes de entidades sociais.

Único veículo de comunicação da cidade presente na Casa Doutor Manoel Borba neste domingo (10), o site Timbaúba Agora acompanhou a cerimônia presidida pela presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Timbaúba (COMDICA), Katiane Galvão, onde os cinco conselheiros tutelares foram empossados, os eleitos terão o mandato ampliado de três para quatro anos, seguindo o previsto na lei 12.696 de 2012.

A cerimônia ocorreu na Câmara de Vereadores de Timbaúba. Edna Massa, Coordenadora do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, representou a secretária de Assistência Social Vânia Barreto, já o advogado da Casa da Cidadania de Timbaúba João Marcelo representou o prefeito Júnior Rodrigues. Valmir Cosme, da Casa da Criança e do Adolescente de Timbaúba e o Diácono Edmilson Queiroz, representando a Igreja Católica.

Para o próximo quadriênio 2016/2019, o Conselho contará com a seguinte formação: primeiro mandato três conselheiros (Sergio Batista, Luiz Fernando e Tamyres Barbosa) ou 60%, enquanto dois tiveram mandatos renovados (Josemar Cavalcante e Maria das Dores), ou seja 40%. Homens ocupam 60% (Josemar, Sergio e Fernando), enquanto as mulheres (Tamyres e Maria das Dores) correspondem a 40% da formação do Conselho.

Presente também os vereadores Josinaldo Barbosa de Araújo, presidente da Casa Doutor Manoel Borba e da UVP (União dos Vereadores de Pernambuco). Paulo Ferreira da Silva (Paulinho de Genésio) e Glebson Marcio Barbosa de Araújo (Guel).

Após a fala das autoridades presentes chegou a vez da diplomação, onde cada conselheiro recebeu o seu certificado e uma edição do Estatuto da Criança e do Adolescente‎ (ECA), das mãos de Katiane Galvão, presidente do COMDICA, do ex-conselheiro tutelar João Marcelo, e dos vereadores Paulinho de Genésio, Josinaldo Barbosa e Guel.

O primeiro a ser o diplomado foi Luiz Fernando Bernardo da Silva (Luiz Fernando), eleito em outubro passado com 514 votos. Ele recebeu o certificado das mãos de Katiane Galvão, presidente do COMDICA.

O ex-conselheiro tutelar e advogado João Marcelo Gomes Ferreira fez a entrega do diploma a Sergio Batista da Silva (Sérgio Batista) que obteve 524 votos.

Apesar de já está exercendo um mandato no CT, Maria das Dores da Silva (Dora de Izailton), na eleição de 2012 não objete votos suficientes para ser titular, Dora ficou na 1ª suplência e assumiu a titularidade com o falecimento do conselheiro Francys Soares. Em outubro passado Maria das Dores da Silva concorreu à reeleição e foi a terceira mais votada com 540 votos. Dora recebeu o seu diploma das mãos do vereador Paulinho de Genésio.

Reeleito com 751 votos, Josemar Cavalcanti de Oliveira (Mago da Rifa) foi empossado sub judice, pois teve seu mandato cassado no dia 7 de dezembro passado, por uma decisão da Promotoria de Justiça de Timbaúba através do promotor de Justiça, doutor Alexandre Fernando Saraiva da Costa. Porém Josemar recorreu ao Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), e retornou ao cargo onze dias depois com decisão do desembargador, André Oliveira da Silva Guimarães. Josemar Cavalcante recebeu o diploma das mãos do vereador Josinaldo Barbosa de Araújo, presidente da Casa Doutor Manoel Borba e da UVP (União dos Vereadores de Pernambuco).

Entre os membros eleitos para o Conselho Tutelar de Timbaúba, Tamyres Dayse Barbosa da Silva (Tamyres de Robson da Autoescola), foi quem obteve a maior votação com 1.281 votos, quase a soma do segundo e o terceiro colocado. Tamyres é esposa do ex-conselheiro Robson da Autoescola, ela recebeu o diploma das mãos do vereador Glebson Marcio Barbosa de Araújo (Guel).

E para encerrar a cerimonia ex-conselheiro tutelar e advogado João Marcelo Gomes Ferreira fez um relato sobre as atribuições e competências dos conselheiros. Marcelo em sua fala disse que a tarefa será aprender a ouvir e se comunicar. É uma posição em que é preciso saber mediar conflitos, além de fazer o diálogo entre a população e o poder público.

Por Reginaldo Silva da equipe do Timbaúba Agora
Fotos: Timbaúba Agora


FOTOS DO EVENTO

(Clique sobre a imagem desejada para visualizar melhor)

Comentários

Outras notícias