10/01/2015 às 18h16m

Homem é preso em Goiana com 11,2 kg de maconha dentro de mala

De acordo com a Polícia Federal, equipes realizavam fiscalização de rotina na BR-101, e quando o veículo foi parado

Um homem foi preso nessa quinta-feira (8) em Goiana, na Zona da Mata pernambucana, acusado de traficar 10 tabletes de maconha, que seriam levadas para o Recife. O pedreiro Francivaldo Pimenta Cavalcanti, 20 anos, que mora no Ceará, estava em um ônibus vindo de Fortaleza quando foi descoberto. Esta é a primeira apreensão de drogas pela Polícia Federal em Pernambuco em 2015.
De acordo com a PF, equipes realizavam fiscalização de rotina na BR-101, e quando o veículo foi parado, um cão farejador deu o sinal de que teria droga em uma mala vermelha, que pertencia a Francivaldo. O homem foi conduzido para acompanhar a abertura da bagagem, que continha 11,2 quilos de maconha. Segundo a polícia, ele chegou a tentar fugir por um canavial que fica ao lado da rodovia, mas foi perseguido e detido.

Francivaldo foi preso em flagrante e autuado por tráfico de drogas, e caso seja condenado poderá pegar penas que variam de cinco a 15 anos de reclusão. Além da maconha, a PF apreendeu um aparelho celular e os tickets de bagagem. Ele foi encaminhado ao Centro de Triagem e Observação Professor Everardo Luna (Cotel), onde ficará à disposição da Justiça Estadual de Goiana.

Em interrogatório, ele teria informado que uma pessoa - não identificada - de Fortaleza (CE), lhe ofereceu R$ 2 mil para transportar o entorpecente. Na capital pernambucana, uma pessoa ligaria para Francivaldo para buscar a encomenda, que abasteceria o tráfico da região. Ainda segundo a PF, o preso disse que aceitou a proposta porque sua esposa está grávida e o dinheiro seria para custear os gastos do nascimento do bebê.

BALANÇO - Em 2014, 35 pessoas foram presas por envolvimento com o tráfico e 2.220 quilos de maconha, 144 quilos de pasta base de cocaína, 12 quilos de crack, 31 quilos de haxixe, 44 quilos de cocaína pura e 9 mil comprimidos de Artane foram apreendidos.


Do NE10

Comentários

Outras notícias