08/01/2015 às 05h46m

Secretário promete medidas emergenciais para o Complexo Prisional do Curado

Pedro Eurico fez anúncio durante coletiva sobre troca de secretários-executivos de Ressocialização. Ações visam diminuir poder dos presos

O secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, afirmou, na tarde desta quarta-feira (7), que fará mudanças emergenciais no Complexo Prisional do Curado (antigo Aníbal Bruno). O objetivo é tentar acabar com a entrada de armas, drogas e até celulares no local. O anúncio foi feito durante anúncio do novo secretário-executivo de Ressocialização, Eden Vespaziano.

Segundo ele, haverá reforma nos muros, que ficarão mais altos - diminuindo as chances da entrada dos materiais proibidos. “Vamos acabar com a circulação de armas brancas”, afirmou. Haverá também, segundo ele, investimentos no monitoramento com câmeras e trabalho do serviço de inteligência para identificação de irregularidades.

A entrada de alimentos também será limitada. As família só poderão entrar com até oito quilos de comida, aos domingos, nas visitas.

Sobre a saída do então secretário-executivo de Ressocialização, Humberto Inojosa, Eurico disse que recebeu a ligação dele nesta quarta-feira. “Ele alegou decisão pessoal, voluntária”, disse. Eurico ressaltou que a saída não tem nenhuma relação com denúncias de uso de armas entre os presos no Complexo do Curado, denunciado nesta semana pela TV Globo.

Ao Diario, por telefone, Inojosa justificou a saída. “Não deixei o cargo por conta de nenhuma denúncia no sistema carcerário. Saí para dar oportunidade para o novo secretário (Pedro Eurico) criar a nova equipe dele”, afirmou. Humberto estava há três meses no cargo, após o coronel Romero Ribeiro ter sido exonerado.

Eden Vespaziano, 50 anos, deve tomar posse nesta quinta-feira (8). Ele é bacharel em direito e coronel da PM da reserva remunerada. Ingressou na PM em 1983, onde ocupou a diretoria geral de Operações e a chefia do Estado Maior. Atualmente, ele estava como consultor técnico da Secretara da Criança e da Juventude. É natural do Recife.


Do Diário de Pernambuco

Comentários

Outras notícias