GB Bateiras

07/01/2015 às 10h57m - Atualizado em 07/01/2015 às 10h59m

Paulo Câmara reforça Agricultura com novos gestores

O governador definiu, nesta terça-feira (6), três nomes para o segundo escalão da Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária (Sara).

O governador Paulo Câmara definiu, nesta terça-feira (6), três nomes para o segundo escalão da Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária (Sara). O advogado Paulo Lócio vai presidir o Instituto de Terras e Reforma Agrária do Estado de Pernambuco (Iterpe); já o ex-secretário Aldo Santos coordenará o Programa Estadual de Apoio ao Pequeno Produtor Rural (ProRural). Erivania Camelo permanece na gerência-geral da Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco (Adagro).

f1"São gestores com experiência e forte atuação no segmento. Tenho certeza que vão desempenhar um excelente trabalho", comentou Paulo Câmara. O secretário de Agricultura, Nilton Mota, que auxiliou o governador nas escolhas, disse que os dirigentes reforçarão o trabalho da pasta. "Essa é uma secretaria que dialoga diretamente com todo o estado e nós estamos animados com esse novo desafio", revelou.

De acordo com Nilton Mota, até a próxima semana serão definidos os nomes dos novos titulares do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) e da Centro de Abastecimento e Logística de Pernambuco (CEASA).

Perfil dos novos gestores:
Iterpe - Paulo Roberto Coêlho Lócio é natural do Recife. Ele é formado em Direito pela Universidade Católica de Pernambuco (Unicap) e pós-graduado em Direito Processual Civil e em Licitações, Contratos Administrativos e Responsabilidade Fiscal. Iniciou sua atuação na área pública em 2007, na primeira gestão do ex-governador Eduardo Campos, como Gerente do Programa de f2Modernização de Gestão, coordenado pela secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag). De 2009 até 2010 assumiu a Gerência Jurídica da Secretaria Estadual de Educação, no período em que a pasta estava sob o comando de Nilton Mota. No segundo governo de Eduardo Campos foi chefe de gabinete do então secretário das Cidades Danilo Cabral, e, desde 2012, é diretor Jurídico na Companhia Estadual de Habitação e Obras (Cehab), onde contribuiu com um amplo processo de regularização fundiária em áreas ocupadas há décadas no Recife e no interior pernambucano.

Adagro - Erivania Camelo de Almeida é natural da cidade de Buíque, no Agreste. Formada em Medicina Veterinária pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), a gestora acumula um mestrado em Administração e Comunicação Rural, e um doutorado em Ciência da Veterinária, ambos pela UFRPE. Foi prefeita e vereadora de Arcoverde, no Sertão, e também atuou na secretaria de Agricultura do município. Além disso, atuou como professora na Faculdade de Administração de Limoeiro. Também foi fiscal e, posteriormente, gerente-geral da Adagro, cargo que acumula até o presente momento.f3

ProRural - José Aldo dos Santos é natural da cidade de Altinho, no Agreste pernambucano. Formado em Agronomia e mestre em Administração Rural pela UFRPE, coordenou o Centro de Desenvolvimento Agroecológico Sabiá e foi membro da coordenação estadual da ASA-PE, da coordenação executiva da ASA-Brasil e da coordenação nacional da Articulação Nacional de Agroecologia (ANA). Faz parte do Comitê Integrado de Combate à Estiagem. Presidiu do Conselho de Desenvolvimento Rural Sustentável de Pernambuco (CDRMS). Ingressou na atual gestão em janeiro de 2011, quando assumiu a Secretaria-Executiva de Agricultura Familiar. Em junho de 2012, acumulou a gerência-geral do Programa de Desenvolvimento Rural Sustentável de Pernambuco (ProRural), e, em maio de 2013, foi nomeado Secretário de Agricultura e Reforma Agrária onde permaneceu até dezembro de 2014.

Comentários

Outras notícias