Black Friday Ubannet

06/01/2018 às 07h43m - Atualizado em 06/01/2018 às 07h44m

Polícia prende suspeito de estupro no Grande Recife que tirou fotos com a vítima como se fossem namorados

Polícia prende suspeito de estupro no Grande Recife que tirou fotos com a vítima como se fossem namorados

estupro_2

Um homem de 27 anos foi preso, na manhã da quinta-feira (4), sob a suspeita de ameaçar, estuprar e roubar uma adolescente de 17 anos, no bairro de Caetés III, em Abreu e Lima, no Grande Recife no dia 21 de dezembro de 2017. De acordo com o delegado Adyr Almeida, da seccional de Paulista, cidade localizada também na Região Metropolitana do Recife, o suspeito ainda teria, após a violência sexual, forçado a vítima a tirar fotos como se eles fossem namorados.

“Além de estuprar a vítima, ele subtraiu o aparelho celular dela, fez com que apagasse todas as imagens do celular e ainda tirou fotos junto com ela como se fossem namorados, abraçando, beijando”, pontuou o delegado ao dizer que, após o crime, os dois pegaram um ônibus. O homem deixou a vítima em frente a um shopping em Paulista. “Ele entregou R$ 20 para ela e pediu para ela se cuidar”, completou.

Segundo o delegado, o homem preso abordou a vítima dentro de um ônibus e a ameaçou com uma arma. “Ele apresentou uma arma, disse que era ex-presidiário, que já tinha matado, naquele mesmo dia, uma mulher que não quis ficar com ele e, caso a vítima não fizesse tudo que mandasse, ela teria o mesmo destino”, contou Adyr Almeida.

Coagida, a jovem desceu em um ponto de ônibus e andou cerca de três quilômetros até uma casa em reforma, onde ocorreu a violência sexual. Para o delegado, há a possibilidade de o suspeito ter cometido outros estupros nesse local. “Ele não escolheu uma casa aleatoriamente. Ele desceu do ônibus e foi direto para ela. A gente acredita que, com a divulgação do caso, outras vítimas possam comparecer à delegacia de Paulista”, afirmou o delegado.

Após ser preso em Caetés III, o homem foi encaminhado para o Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima. Ele vai responder por roubo e estupro agravado pelo fato de a vítima ser menor de 18 anos. “Segundo os próprios familiares, o suspeito é acostumado a fazer pequenos roubos para sustentar o vício em drogas”, finalizou o delegado.

Informações: G1 PE

Comentários

Outras notícias