Black Friday Ubannet

03/01/2018 às 15h48m - Atualizado em 03/01/2018 às 16h12m

Prefeitura de Timbaúba diz em nota que convênio com Hospital Ferreira Lima se encerrou nesta terça (2)

Segundo a nota, o HFL não prestará mais serviços de Maternidade Pública a partir de 2 de janeiro. A reabertura da Maternidade foi uma das principais promessas de campanha do atual prefeito.

hospital_ferreira_lima

A Prefeitura de Timbaúba divulgou uma nota oficial na última sexta-feira esclarecendo o encerramento do convênio com o Hospital Ferreira Lima. De acordo com a nota, o Hospital Memorial Doutor João Ferreira Lima não prestará mais serviços de Maternidade Pública Municipal a partir deste dia 2 de janeiro de 2018.

LEIA TAMBÉM: Eleito com mais de 17 mil votos, Prefeito Ulisses Felinto, começa o ano de 2018 com popularidade baixa, de acordo com internautas

A prefeitura também relatou que está sendo realizado um novo planejamento das atividades e ações de saúde para este ano de 2018. E ficou garantido a população de Timbaúba que ainda neste mês de janeiro acontecerá uma discussão técnica e aprofundada referente ao convênio da maternidade que será discutida em reunião da Comissão de Monitoramento do Contrato da Maternidade.

Essa informação deixou toda a população timbaubense surpresa e revoltada. Durante a campanha para prefeito de Timbaúba em 2016, o atual gestor Ulisses Felinto fez duras criticas em relação a maternidade do município não está funcionando na época. "A enfermaria onde as nossas mulheres poderiam ter seus bebês tem TV, alojamentos, suíte, tem tudo aqui. Tudo disponível, ar condicionado e a gente ver o descaso com a nossa saúde. Tem que sair de Timbaúba para ir a outras cidade para que as mulheres possam ter seus filhos. Isso realmente é uma vergonha para essa administração", disse Ulisses Felinto em um dos videos de campanha em 2016.

Durante a campanha no mês de setembro de 2016, o atual prefeito Ulisses Felinto visitou o Hospital Ferreira Lima e denunciou os descasos na maternidade. Assista o trecho do vídeo que foi publicado no perfil do Facebook do prefeito de Timbaúba:

Leia a nota oficial da Prefeitura de Timbaúba na integra

NOTA OFICIAL

O Municipio de Timbaúba vem a público esclarecer que o Convênio firmado com o Hospital Ferreira Lima, que atualmente presta os serviços de Maternidade Pública Municipal, encerra-se em 02 de janeiro de 2018.

Desta forma, todas as atividades pactuadas entre o Municipio e o Hospital Ferreira Lima, deverão ser executadas até o termo final do Convênio, para garantia do repasse integral do custeio mensal, sem haver, principalmente, prejuízos à população.

Aproveitamos para informar que está sendo realizado novo planejamento das atividades e ações de saúde para o exercício de 2018, onde se faz necessário reavaliar as metas do Convênio, referente exclusivamente aos serviços de Maternidade, sobretudo por se tratar de recursos custeados em sua totalidade pelo Tesouro Municipal.

A crise, que assola o País, tem causado reflexo negativo em nosso Estado e nos Municípios, e notadamente em Timbaúba, uma vez que não recebemos incentivo financeiro do Governo do Estado para garantir ações de saúde, há no momento a expectativa de um repasse do Governo do Estado que irá garantir a manutenção das ações de saude, entretanto o município ainda nao recebeu os valores esperados.

Desta forma, o Município de Timbauba GARANTE a toda população que haverá no mês de Janeiro/18, uma discussão técnica e aprofundada referente ao Convênio da maternidade e que será oportunamente discutida em reunião da Comissão de Monitoramento do Contrato da Maternidade.

Aproveitamos para reiterar de maneira contundente o nosso compromisso em disponibilizar o melhor atendimento possível para nossa população e a todos que necessitarem do serviço no Municipio de Timbauba.

Timbaúba, 29 de Dezembro de 2017.

TITO MORAES - SECRETARIO DE GOVERNO

JULIERME XAVIER - SECRETÁRIO DE FINANÇAS

JANALISSE FELINTO - SECRETÁRIA DE SAÚDE

Comentários

Outras notícias