GB Bateiras

02/01/2015 às 08h05m

Quadro de João Lyra Neto é colocado na galeria dos ex-governadores de Pernambuco

O ex-governador também avaliou sua passagem pelo Executivo Estadual, iniciada em 2007, ao lado do ex-governador Eduardo Campos,

f1A galeria dos ex-governadores do Governo de Pernambuco recebeu, na tarde desta quinta-feira (1º/1), o quadro de João Lyra Neto, que deixa o comando do Executivo Estadual após nove meses de gestão. A obra, assinada pelo artista plástico recifense Edson Menezes, foi confeccionada com a técnica de óleo sobre tela. Lyra Neto assumiu o governo no dia 4 de abril, quando o ex-governador Eduardo Campos renunciou ao mandato para concorrer à Presidência da República.

Ao lado de familiares e secretários estaduais, João Lyra Neto prestigiou a aposição do seu quadro na galeria dos ex-governadores, em solenidade realizada no 1º andar do Palácio do Campo das Princesas, sede do Executivo Estadual. Lyra Neto afirmou que o artista foi "muito feliz" na composição da imagem e destacou a "grande honra" que sente ao fazer parte de uma galeria que reúne "ilustres governadores que fizeram a nossa história".

f2O ex-governador também avaliou sua passagem pelo Executivo Estadual, iniciada em 2007, ao lado do ex-governador Eduardo Campos, falecido em agosto deste ano. "Estou concluindo um período muito exitoso de um planejamento feito sob a liderança de Eduardo Campos, que concluí ontem. Quero dizer que me sinto muito feliz e honrado e, acima de tudo, contemplado como homem público de fazer parte dessa história, de um dos governos mais reconhecidos nacional e internacionalmente", afirmou João Lyra Neto.

Especialista com curso em retrato pela Florence Academy of Art, na Itália, Edson Menezes agradeceu por mais uma oportunidade de retratar um ex-governador. "Sinto-me muito honrado pela confiança em fazer esse trabalho tão honroso. É um marco estar novamente aqui, na galeria dos ex-governadores", disse, ao lembrar que esta é sua segunda obra na galeria. Edson Menezes também retratou o ex-governador Mendonça Filho, que deixou o Governo do Estado em 2006.


Da Assessoria

Comentários

Outras notícias