Black Friday Ubannet

02/01/2014 às 15h42m

Granada com alto poder de destruição é encontrada em Goiana

Pela quarta vez em pouco mais de dois meses, a Polícia Federal em Pernambuco recolheu uma granada de morteiro com alto poder de destruição.

Pela quarta vez em pouco mais de dois meses, a Polícia Federal em Pernambuco recolheu uma granada de morteiro com alto poder de destruição, de uso exclusivo do Exército brasilero. O artefato foi entregue na sede da PF, no Recife, nesta quarta-feira (1°), por um morador do bairro do Vasco da Gama, Zona Norte da capital. Ele informou que encontrou a granada em Goiana, Litoral Norte do estado, durante a escavação em uma obra, e a mantinha guardada há vários meses em sua residência. A identidade do homem foi mantida em sigilo devido à política da campanha do desarmamento, que protege as pessoas assegurando-lhes o anonimato.

De acordo com as informações da Polícia Federal, a granada tinha espoleta na parte superior intacta, o que poderia causar uma explosão de grande proporção caso sofresse um impacto com o solo. “O artefato mesmo antigo pode conter em seu interior substância explosiva que em contato com faísca de fogo, superaquecimento através do calor exagerado ou impacto da parte superior provocado por queda, poderia provocar sua detonação. A granada será analisada por peritos criminais federais do esquadrão antibombas da PF para verificação de sua letalidade e enviada para o Exército, a fim de que seja providenciada sua destruição”, informou a assessoria de imprensa da PF.

Por ser munição, o homem que fez a entrega não recebeu indenização, apenas um comprovante de entrega. A campanha de desarmamento só prevê ressarcimento em caso de entrega de armas. A primeira granada foi recolhida pela PF em 29 de novembro de 2013. As outras duas, em 14 e 15 de dezembro passado.

Números – A Polícia Federal em Pernambuco informou que após 882 dias de campanha do desarmamento, entre os dias 14 de maio de 2011 até 26 de dezembro 2013, já totaliza 6.201 armas e 12.380 munições recolhidas, o que corresponde a sete armas entregues por dia, 49 armas a cada semana e 196 por mês. As armas e calibres de munições mais entregues em Pernambuco são revólveres, espingardas e pistolas, respectivamente. Já as munições são as de calibre 38. As indenizações variam de R$ 150 a R$ 450, dependendo do tipo de calibre. Quem quiser entregar uma arma deve primeiro acessar o site www.entreguesuaarma.gov.br ou www.pf.gov.br e preencher uma guia de trânsito que tem validade de um dia. Caso a pessoa seja parada por uma blitz policial estará acobertada de qualquer apreensão ou prisão.

Do Diario de Pe

Comentários

Outras notícias