Black Friday Ubannet

18/08/2017 às 12h21m - Atualizado em 18/08/2017 às 19h36m

Timbaúba: Nos últimos 12 meses o município perdeu 138 postos de empregos; aponta Caged

O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados também informou que Timbaúba gerou apenas quatro novas vagas de emprego com carteira assinada no mês de julho.

comercio

Deixe seu comentário no final da matéria

O município de Timbaúba criou quatro empregos com carteira assinada no mês de julho, divulgou o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho. O resultado mostra um crescimento de apenas 0,09% quando comparado com o estoque de assalariados do mês anterior. Segundo o Caged, no mês de julho foram admitidas 85 pessoas e demitidas 81. 

Outras informações sobre Timbaúba clique no link: https://goo.gl/eFVsEf

Até agora no ano de 2017, a cidade de Timbaúba fechou 654 vagas de trabalho formais e abriu 699, criando assim 45, um crescimento de 1,06. Os dados dos últimos 12 meses mostram uma tendência de queda, com um saldo negativo de 138 vagas eliminadas. De julho de 2016 a julho de 2017, um total de 1.553 pessoas tiveram a carteira assinada, enquanto 1.691 foram demitidas, uma queda de -3,11. 

Brasil

O Brasil gerou 35.900 vagas formais de emprego em julho deste ano, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados pelo Ministério do Trabalho nesta quarta-feira (9).

No mês passado, foram registradas 1.167.770 contratações e 1.131.870 demissões de trabalhadores com carteira assinada.

Esse foi o quarto mês consecutivo com criação de vagas com carteira assinada e a primeira vez, desde 2014, em que as contratações superaram as demissões no mês de julho. Foi o melhor mês de julho em quatro anos.

No mesmo mês de 2015 e do ano passado, respectivamente, foram fechadas 157.905 e 94.724 vagas de trabalho. Em julho de 2014, por sua vez, foram abertas 11.796 vagas de empregos com carteira assinada.

Da redação do Timbaúba Agora

Fonte: CAGED

Comentários

Outras notícias