Black Friday Ubannet

11/06/2019 às 08h45m - Atualizado em 11/06/2019 às 09h02m

Veja vídeo: Base da Polícia Militar em Timbaúba é atacada por grupo armado

Grupo atirou contra unidade e incendiou um veículo em frente ao local. A PM informou que o ataque aconteceu após policiais frustrarem uma investida criminosa contra agências bancárias na cidade.

 
cia_pmInformações: JC Online
 
A base da Polícia Militar (PM) na cidade de Timbaúba, na Zona da Mata Norte de Pernambuco, sofreu um ataque, na madrugada desta terça-feira (11). De acordo com o 2º Batalhão da Polícia Militar (BPM), um grupo atirou contra a unidade, que fica na Rua 15 de Novembro, no Centro de Timbaúba, além de queimar um veículo em frente ao local. Dois carros participaram da investida. (Veja vídeo abaixo).

Por meio de nota, a PM informou que o ataque aconteceu após policiais frustrarem uma investida criminosa contra agências bacárias na cidade. Ainda de acordo com a corporação, em represália, os bandidos realizaram diversos disparos de armas de fogo contra a unidade da PM.

A PM afirmou ainda que, no local, foram apreendidas várias cápsulas dos calibres 380, ponto 40, 12 e 556. Mas que, apesar da investida, não houve feridos na ocorrência e os policiais continuam em rondas para encontrar os responsáveis pelo ataque.
 
Confira a nota da PM:

"A Polícia Militar de Pernambuco esclarece que, na madrugada desta terça-feira (11), equipes do 2º BPM, com apoio do Batalhão Especializado de Policiamento do Interior (BEPI), realizavam a Operação Madrugada Segura na cidade de Timbaúba. A atuação dos policiais militares coibiu a ação criminosa contra agências bancárias na região. Neste momento, por conta  da investida aos bancos frustrada, bandidos realizaram diversos disparos de armas de fogo contra a sede da 3ªCPM do 2º BPM. Os suspeitos atearam fogo num veículo que consta como roubado e fugiram. No local foram apreendidas várias cápsulas dos calibres 380, .40, 12 e 556. Ninguém ficou ferido na ocorrência e os policiais continuam em rondas para encontrar os responsáveis. As investigações do ocorrido ficam a cargo da Polícia Civil."

Confira o vídeo enviado por internauta para o WhatsApp 99445-1863

Comentários

Outras notícias