Black Friday Ubannet

14/05/2018 às 20h38m - Atualizado em 14/05/2018 às 22h10m

Cidade do medo: Fórum de Timbaúba é novamente alvo de arrombamento na madrugada desta segunda (14)

Criminosos desligaram a energia, serraram uma grade de ferro e levaram vários pertences do local. Os meliantes quebraram várias fechaduras e fugiram pela porta de trás do imóvel.

forum

O Fórum Irajá D´Almeida Lins, localizado na Rua Severino Ribeiro Alves, no Barro, em Timbaúba, na Mata Norte de Pernambuco, foi novamente alvo de arrombamento na madrugada desta segunda-feira (14).

Os criminosos desligaram a energia do prédio onde funciona a 1ª e a 2ª Vara da Comarca de Timbaúba. Pela lateral do imóvel, eles quebraram uma grade de ferro usando barras de aço e um pedaço de concreto.

Eles conseguiram entrar onde funciona a 1ª Vara e em seguida saíram pela porta de trás levando alguns pertences. Os bandidos não chegaram a subir as escadarias que dão acesso a 2ª Vara.

LEIA TAMBÉM: Dezenas de armas de fogo apreendidas em ocorrências policiais são levadas do Fórum de Timbaúba por bandidos, diz polícia

Após averiguação dos peritos da Polícia Civil e servidores, foi constatado que os criminosos levaram alguns tokens (Dispositivo eletrônico), que são instrumentos de acesso ao sistema PJe, recém instalado na Comarca. Eles também tiveram acesso a sala de estudo interprofissional do psicólogo e assistente social.

A cozinha, algumas salas foram invadidas e diversas fechaduras danificadas. Os meliantes saíram do prédio pelo portão dos fundos. Eles abandonaram uma serra e uma faca de serra no local. 

dr_gilberto_sousa_juiz_1_comarca

O juiz titular da 1ª Vara da Comarca de Timbaúba é Dr. José Gilberto de Sousa.

A equipe Técnica Científica da Polícia Judiciária compareceu para realizou a perícia no local. Essa é a segunda vez em menos de dois meses que o Fórum de Timbaúba é alvo de arrombamento. No dia 15 de março deste ano, várias armas de fogo e um notebook foram levados pelos criminosos. 

A equipe do Timbaúba Agora esteve no local com exclusividade e registrou o rastro de destruição deixado pelos criminosos:

49c3d4e0-86d6-48d1-87f0-76f09726e780

49db0a12-0248-46df-b70f-9e17471d4c80

31a2ec99-2104-4d18-bb4f-cfaeb324b6a5

7c71a3dc-3b4b-4b94-8c4f-a7cb8620990f

Comentários

Outras notícias