Black Friday Ubannet

14/04/2018 às 07h14m - Atualizado em 14/04/2018 às 21h58m

Roubos e furtos têm redução de 22,55% em março, segundo SDS

Queda nos Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVPs) em relação ao mesmo mês do ano anterior vem ocorrendo desde janeiro em Pernambuco

assalto_capuz-faca-e-arma-de-fogo

Os Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVP) continuam apresentando queda em Pernambuco, como demonstram estatísticas da Secretaria de Defesa Social do Estado (SDS). Em março de 2018, ocorrências como roubos e furtos tiveram uma redução de 22,55% em relação ao mês de março de 2017. No total, foram 8.457 casos registrados, contra 10.920 ocorrências notificadas em março do ano passado. 

Essa redução foi motivada, principalmente, pela queda dos roubos de aparelhos celulares. Essa modalidade de crime costumava representar mais de 50% desse tipo de ocorrência e vem sendo drasticamente reduzida desde março do ano passado. Foi quando a SDS lançou o sistema Alerta Celular, que acaba de completar um ano de funcionamento.

“Essa ferramenta, que já conta com mais de 135 mil celulares cadastrados, tem sido fundamental para a recuperação de aparelhos roubados, assim como para a prisão de assaltantes e receptadores. Isso contribui para que essa prática deixe de ser vantajosa para os criminosos, os quais, muitas vezes, utilizam os telefones como moeda de troca no mundo do crime”, explica o secretário de Defesa Social, Antonio de Pádua.

Em março último, foram contabilizadas 3.584 ocorrências de roubo de celular. O número é 24% menor que o total de casos registrados no mesmo período do ano passado (4.722 ocorrências). Importante ressaltar que, desde que foi lançado, o Alerta Celular possibilitou reaver 1.905 telefones. Só no mês passado, período com maior número de recuperação de aparelhos desde a implantação do sistema, foram 358 celulares recobrados.

ÔNIBUS – Os roubos a ônibus também continuam diminuindo na Região Metropolitana do Recife (RMR). Em março, foram registradas 72 ocorrências, um número 51% menor que o mesmo período do ano passado, quando houve 147 casos.

“A Força Tarefa Coletivos tem sido de vital importância para a queda desse tipo de crime em Pernambuco. Só nos três primeiros meses desse ano, 43 pessoas envolvidas com esse tipo de crime foram presas, devido ao trabalho conjunto das policiais Civil e Militar”, explica o secretário Antonio de Pádua.

VEÍCULOS – As ocorrências de roubos e furtos de veículos também têm apresentado redução em Pernambuco. Principalmente os casos de roubos, que caíram 23,31% em março de 2018, em relação a março de 2017. Foram 1.471 ocorrências registradas, contra 1.918 no mesmo período do ano passado.

Nos casos de furtos de veículos, a queda foi de 15,61%. Enquanto no mês de março de 2017 foram registradas 602 ocorrências, neste ano contabilizaram-se 508.

BANCOS – O total de ocorrências criminosas contra instituições financeiras diminuiu em 63,6% em março de 2018, em relação ao mesmo mês do ano anterior: caiu de 11 para 4. Destaca-se o fato de que, no mês passado, não houve nenhum caso consumado de roubo ou furto contra carros-fortes ou caixas eletrônicos – ao contrário de março de 2017, com um caso de furto e outro de roubo a caixa eletrônico, além de um roubo a carro de transportadora de valores.

No total, aconteceram quatro ocorrências contra agência bancárias em todo o Estado em março de 2018, o que, somente nesse indicador, significa uma redução de 50% em relação ao mesmo mês do ano passado. Em março de 2017, haviam ocorrido oito roubos ou furtos contra agências bancárias.

Comentários

Outras notícias